Compreender, tarefa difícil!

Escolhas e caminhos

A vida é cheia de motivações e de escolhas. Porque tantas vezes, preferimos os acessos mais tortuosos, para conduzir nossas metas e aspirações. Com tantas escolhas contrutivas, porque seguir os piores trajetos, que não levam a lugar nem um e destroem vidas e oportunidades de felicidade e realização para si e para outros. O que motiva atingir a outros por atitudes e ações deliberadas, para destruir e impedir que a felicidade se faça presente na própria vida e na vida do próximo. Que às vezes, nem tão próximo está, mas que sofre as consequências das escolhas feitas por frustrações que nem sabe qual é a origem e por simplesmente não se importar em saber. Não se ocupa em tentar conhecer a si próprio e entender as motivações, para a infelicidade.Sim, porque pessoas infelizes são aquelas que se atém a destruir às possibilidades da felicidade alheia, motivados apenas pelo prazer de intulhar o caminho de quem não conhece, não sabe, nunca viu e ignora, qualidades, objetivos, sonhos e aspirações que possuem e sofre tentando construir , criar uma identidade para viver e ser feliz! Vani Matias!

momentos decisivos!

Momentos decisivos!

Existem momentos na vida que é preciso saber que para o novo surgir o velho tem que morrer! Das amarras que nos prendem precisamos nos libertar, das pessoas que nos ofendem distâncias devemos tomar! O que importa na verdade é o que vem do coração e quando a confiança está morta nada tem mais razão! Acordar é sempre difícil e nos traz decepção e quando se usa de artífice, a gravidade tem maior  proporção. A privacidade é um direito do qual não devemos abrir mão, se julgamos a segurança ineficiente temos que buscar solução. Se a justiça não nos atende temos que prestar atenção. O melhor é seguir em frente sem perder sua razão! Pois a justiça Divina não falha e também lhe dá proteção.

E mesmo para que gargalha, a lei e a de talhão, não entregue sua batalha e não perde a direção, mesmo que ande no fio da navalha, não pereça na emoção. Preserve o bom senso

faça uso da intuição, ela sempre nos mantém sob a iluminação. Não se deixe amedrontar por gente de baixo calão! conserve sempre a nobreza e tenha convicção, a verdade com clareza não merece punição.

Vani Matias!

Café de chaleira!

Não desanime, seja a capacidade de vencer! Onde te encontrares deixe o amor te aquecer e depois de celebrares o novo amanhecer, refrigere a tua alma vendo o sol nascer. Recomece o novo dia, ap laludindo a alegria. Como presente divino, que o universo anuncia, afirmando que a vida é a melhor cantoria, dos pássaros que revoam a floresta ao meio dia, que cheiram na revoada festejando a alvorada, entoando na balada o coro da alegria, com a oferta de esperança, confirmando aliança, do amor com energia de uma vida tigueira, que junto da companhia, se aconchega a lareira enquanto a lenha chia inteira lá lâmina da fogueira, na oferta da esperança, no amor como criança, que aparece sorrateira, vem cheirando com confiança o bom café de chaleira, que perfuma as lembranças e enche a casa inteira, de vida que balança com amor e brincadeira! VaniMatias!

Vida que Corre!

grafiteiro!

Grafiteiro diga o que acontece

me perco nesse tinteiro e o amor não aparece

a alegria me abandonou e não deixou outro caminho

o ciume que me consome ficou e louca estou sozinha

como posso rabiscar o amor que vem primeiro e minha

face iluminar com tudo desse tinteiro se meu ciume continua

e minha alma escurece e o meu dia termina deixando a dor

que só cresce eo tom nesse tinteiro e o amor que perece

em meio a purpurina no asfalto que já aquece e mesmo

na luz que domina o amor e que esmaece e entre rosas e violetas

e a dor que permanece!

o Livro da Vida!

https://blogdiadesol.com 24/01/2022

O caminho que limita a segurança da terra firme, com o perigo do abismos que esta sempre a um passo de acontecimentos abruptos e decisivos conforme a personalidade de cada indivíduo e que vai revelar o Eu Superior e a persona que vai configurar no dia, a dia.existência única e primordial da formação do caráter de cada indivíduo. Quando não entendemos a peculiaridade de cada elemento e não importa , o que acontce no caminho, se o inusitado nos coloca nla linha de fogo o que temos que fazer e serenar a mente em busca na criança interior foca nas nuances que colo

O Livro da Vida pg 2

Quando resolvemos remover a casca das feridas, muitas sangram por tempo demais, pois inadvertidamente, alimentamos os ferimentos regados a mágoas e ressentimentos que assolam a alma, no apego indevido ao estado de posse, ou a síndromes de resistência, daquilo que julgamos direito adquirido sobre patrimônio alheio e não importa se esse patrimônio e a própria vida de outra pessoa, pois o sentimento, o titulo de pose esta sacramentado, muitas vezes, no matrimônio que concede titulo de relevância sacramental!

Aqui não inporta o que está camuflado nas carapaça da fuga mental de que o trabalho árduo impede o desenvolvimento das relações, mais descontraidas, com bases solidas, em relacionamentos verdadeiros, com base em respeito, valorização e amor. Abrir a existência e revelar o mergulho do ego em águas profundas, ou navegar em mar revolto sem salva-vidas onde tudo pode acontecer. E depois que emergir das profundeza da alma e não saber exatamente o que vai encontrar e preciso apelar a criança interior para resgata o que ainda pode restar da inocência. sem colocar em xeque as estruturas sobre escombros de alicerces mal projetado!

Vani Matias!

Livro Aberto!

No momento em que tudo acontece ficamos anestesiados

Toda a vez que penso em escrever, o mesmo falar sobre mim,sinto que bato com a cara no muro!

E sempre difícil demais, nos despir diante de nos mesmos e enfrentar as sombras e termos que recomeçar do zero, encarando o espelho da alma, que nos mostra tal, e qual somos por inteiro. A mente insiste em nos dizer para acordarmos para a vida! Ela esta disposta a revelar o lado obscuro da consciência, que fazemos questão de camuflar, dando vez a ilusão, que e muito mais agradável para o nosso ego! Contudo, no momento em que resolvemos acender a luz e olhar para o fim do túnel e que temos a dimensão, do quanto negligenciamos a vida e burlamos o próprio caminho, perdidos na fantasia da futilidade que permitimos determinar as escolhas que fazemos, acreditando que tudo podemos sem consequências e que nada causa dano, a nada nem a ninguém, esquecendo que a colheita vem na mesma medida do plantio! Este texto não termina aqui, ainda temos muito a dizer sobre coisas que despem nossos olhos e revelam marcas profundas em momentos de reflexão.

Vani Matias!

cropped-cropped-20201025_1306327.jpg

https://bloggvmsluz.files.wordpress.com/2021/05/cropped-cropped-20201025_1306327.jpg

Como Saber?

Como saber para onde ir, quando o ruído e intenso? Como encontrar a luz se o caminho é denso? Onde encontrar sentido, no meio da confusão, quando não conseguimos ouvir a voz do coração e não conseguimos entender do legado a dimensao, que ficou como herança de perdão!

Porque não aceitar a ajuda que chega em turbilhão, deixando ainda confusa a vontade e a razão! Se a resistência impera e teima em dizer não, como voltar para o trilho e seguir a direção, que foi escrita no astral, no livro da progressão, se o esquecimento é maior, que a lucidez e a ilusão! Como despertar para a vida é seguir sua missão, se a direção do caminho escapa da tua mão? Peça ao mestre com carinho, que de a orientação, para encontrares o rumo, na Divina salvação, cumprindo assim, o mandado para a completa redenção, sendo para sempre o aliado da luz, na escuridão!

Vani Matias!

Resta saber, onde vai dar essa jornada, que busca na estrada encontrar a luz, que procura na esperança, entender com mais confiança, o artífice do candeeiro, que sempre sabe primeiro o percurso dessa trilha, evitando as armadilhas na propagação da luz. E assim, amparado por Jesus, no verbo que o conduz, na medida do perdão, encontrando a salvação na força e na união como alimento para a razão que o guiou até ali!

Vani Matias!