Projeto de Minha Alma!

Conte-me o que devo fazer, mostra-me o caminho a percorrer! Quero fazer o melhor, para mais tarde não sofrer. Quando chegar o momento de outra vida eu viver, diga- me por onde ir para não mais perecer! Mada-me um recado, ilumina minha mente, ensina-me a ser peregrino, vencendo os meus limites, para que eu encontre a verdade e a luz. Que eu deixe em minha trilha a palavra de Jesus! Que eu plante a semente do bem e da união e uma conduta a seguir para que outros se beneficiem do trabalho que eu construir.

Vani Matias!

Força Infinita!

Manifesta em mim o força infinita, a tua grandeza e em mim acredita! Me diz, me orienta executa a medida, adula, agradeçe e depois, nem cogita que a dor aparece e me deixa aflita, ai mostra ao mundo o bem que me faz! Melhora a força, me eleva na paz! Responde com amor as perguntas que faço. Sorri me levanta, me carrega em teus braços! Pratica o amor, canta a canção. Me mostra a vida e chama a atenção para o rumo da estrada que devo seguir. Me acolhe e afaga, não deixa eu partir. Pratica o bem, me ensina a sorrir. Me mostra exemplos que devo seguir. Tira a dor do meu peito es amigo de alma e bom estar contigo, fico leve, me acalma. Agradeço a vida, vejo a luz na estrada, a força que inspira é Deus na chegada, venci as barreiras, mais vezes terei oportunidades de exito em fim encontrei na ajuda ao próximo, a luz já ganhei e com força infinita vencedora serei!

Esclarecimento!

A quem possa interessar digo: – os textos que escrevo e disponibilizo no site e nas redes sociais, não são canalizações, nem pisicografias, são frutos de minha criatividade, inspiração, pensamento e posicionamento diante de fatos, notícias de interesse popular, pelo menos, até o presente momento. Se por ventura em algum momento houver alguma interação de ordem extra física e ocorra um ato de pisicografia, canalizaçao e for solicitado a publicação isto se fará de acordo com o que for estabelecido entre as partes do processo em si, com o credito de autoria à aquém o direito é devido

Terra Planeta Luz!

TERRA PLANETA LUZ!

Terra planeta luz porque brilha tanto assim? É certo que estas espalhando  o amor, a compaixão, misturando toda força com a verdade e a união transformando todo o ser para a renovação! Tuas águas cristalinas e  tuas matas verdejantes cheias de vidas Divina, nesta tua luz flamejante, pulsam com muito vigor tua  aura purpurina,  cheia de paz e esplendor, sob o olhar de Deus, que a Jesus fala de amor! Terra, luz abençoada, com que vigor renasceste, depois de tanto sofrimento, olha como florescentes! Nas cores do arco-ires, derramas a emoção, por tua esfera cristalina, cintila alegria e calor. Completa com harmonia, a paixão de todo ser, no ar que respira  agora sem poluição arder, consagra a mensagem, para o mundo saber. Que hoje és soberana e senhora do teu querer. Exprime  em um suspiro a essência de teu viver.  Consagra à Pátria abençoada a fonte da emanação, a solidariedade marcada dentro do coração. Cumpre tua  promessas de  júbilo e produção, para alimentar o mundo, oferece logo o pão, multiplica então os peixes, para a alimentação, suprindo logo à alma, na partilha com os irmãos, vibrando na nova era, como gigante Nação, unindo na atmosfera, toda a quinta dimensão,  aliada ao alfa/ômega no todo da criação!

BOG VMSSOL!

Olha!

Olhe bem preste atenção. Entende o que acontece! Veja o mundo quando amanhece. Sente o sol que brilha, sinta a maravilha, percebe com  te aquece. Olha ao longo da trilha o quanto à vida floresce. Ouve teu coração chamando a tua atenção para a vida e o amor. Comece logo uma prece, sente como tua alma, cresce, na  mensagem que oferecer ao esplendor da manhã.  Olha à natureza, busque nela a tua certeza, ama a terra que agora pisa. Absorve essa brisa com perfume de romã. Veja bem, olhe esta mata, sombreado a estrada que te livra do divã. Conta a ela,  os teus  problemas e  ouve como ela rema o remédio da manhã. Acolhe com alegria toda a cantoria que vem como resposta. Olha a água que corre e com graça ainda move o gelo que lhe resfria, mas que não mata a alegria de brindar o novo dia e de ser feliz também. Percebe toda a beleza, do céu e da natureza, regando com maior leveza a  tua vida também! Veja  porque lamentas falhas e  contendas se Deus vêm te salvar? Recebe o presente da vida que sempre vem na medida e em tudo te fortalece. Mesmo quando a dor aperta e julgas  não ser certa a medida que ela tem. Lembre que você pediu e mesmo no caminho frio o socorro acontece. Agradeça então em prece e o que queres floresce se na fé tu te mantém. Siga em frente na vida, ria da dor do dia, que no fim a alegria chega em dobro também!

O que vem de longe!

O que vem de longe!

Preste atenção no que vem de longe! Veja se é santo, ou se é monge, ou é apena,  o criador do universo. Observe se ele traz consigo a luz da misericórdia, ou se a luz que ele porta é a do amor ou da rota do caminho a seguir. Talvez ele traga consigo, apenas um ombro amigo, para que possas sorrir. Contudo, é bom que entendas, que mesmo que traga contendas é apenas para pedir, – que prestes atenção à vida, que busque uma saída e olhe para você. Pois, ele quer que pare um pouco, de tentar sempre dar o troco, do que achas que te convém. Olhe! Preste atenção, consultes teu coração, ame a você primeiro. Depois que tudo entenderes, ame quem vem até você sem cobrar pelo amor. Concede a alegria e vibre com a magia, distribua riso e flor! Veja como a vida é bela, abre a tua janela e deixes entrar o amor!

Um olhar diferente!

Um olhar diferente!

  O caos da vida, para que serve? Parece que estamos ocupados demais para resposta. Será que responder a indagações como está toma um tempo preciso, ou falta argumentos para justificar a indisposição de encarar o fato do quanto somos negligentes com nos mesmos? Com todos esse conflitos existenciais ocorrendo mundo afora, não conseguimos nos dar conta de que a vida está muito além do nosso umbigo. Parece que precisamos vencer o egoísmo, a ganância, ância de poder a qualquer custo, para nós livrarmos da ruína, que está nos levando literalmente, para o buaco negro da destruição, como humanidade. Que futuro estabelecemos para nós, famílias, seres, pensante e evoluídos? Onde vamos chegar arraigados nesse processo caótico e destrutivo de ódio, maledicência, mentiras, especulações e propagaçoes de miséria sentimentais e espirituais? Todo esse processo que deprecia a essência do ser em detrimento do ter, do poder, do jugo, da escravidão, da alienação e submissão, a serviço da degradação, mediante ao controle daqueles que se julgam detentores de posses,  da vontade alheia, para que possam usufruir e ostentar o luxo e a vaidade enquanto vidas são destruídas e aniquilados na miserável tragédia humana. É impressionante perceber como as pessoas se posicionam diante da crucialidade dos fatos e partem para a propagação do absurdo, no momento em que deveriam se interiorizar, repensar comportamentos e atitudes avaliando posições e buscando aprimoramento moral, ético, espiritual. Parece mesmo que a involução do ser ganhou força a partir do caos, levando as pessoas para o retrocesso evolutivo, quando deveriam optar pela evolução espiritual em busca da luz, para terem força e dissernimento e assim obterem melhor condição de enfrentar os problemas. Este desabafo não é um julgamento do comportamento alheio, apenas uma triste constatação de que o ser humano em pleno processo evolutivo, está descendo a ladeira de forma vertiginosa, sem se dar conta do estrago que  essa baixa, vai causar para o mundo inteiro. E preciso entender que o pânico, a insatisfação, revolta, desordem, confusão são práticas que interessam as minorias, avidas de ganância e poder, que querem arrastar a humanidade para o caos existencial, visando o controle humano e a continuidade do sistema de jugo, de posse, pobreza e miséria da população. Acordar é imperativo nesse momento. Só assim vamos vencer os males que estão a espreita de vacilos energéticos para tomarem posse do ambiente e minar A resistência coletiva para ganhar terreno e propagar a destruição e tomar o controle ditando regras que promovem o jugo e a subserviência da humanidade!